sábado, setembro 27, 2008

Preparação para o Verão 2009.

As notícias de escândalos da "socialáite" lusa sucedem-se como peidos depois de uma feijoada.
Os amores de verão destas "sanguessuga da fama" começam a esboroar com a chegada do Outono e a descida do nível hormonal que lhe é característica.
Estes fogos fátuos do pantanal emocional que rola nas cabeças de calhau dos tios e tias da linha, apagaram-se com as primeiras chuvas e fizeram-nos regressar às tocas para prepararem a próxima época balnear.
Mas não se pense que a igualdade dos sexos se verifica no que diz respeito ao plano de treinos da pré-época, senão veja-se:
As tias:
Agendam viagens aos spa's, marcam cirurgias estéticas, pagam a mensalidade do ginásio, escolhem o personal-trengo...ham, desculpem...personal-trainer...
Enfim, todos os requisitos para manter o corpo e o espírito ocupados durante os 10 meses do ano em que, não fosse a possibilidade de usar casacos de peles, prefeririam hibernar até ao próximo Estio!
Os tios:
Pagam a garrafa de whisky no casa de putas, compram o cartão para ver os jogos da bola para o ano inteiro, escolhem o carro novo que vão dar à mulher e onde esta irá, inevitavelmente, ser comida pelo personal trainer, oferecem um colar de ouro à secretária e prometem aos filhos que vão deixar a coca... a menos, claro que caguem para dentro!!!

Pronto, obrigado e bom dia....

Bolsa de Arrumadores

Inspirado num post antigo e no crash das bolsas que se avizinha, sugiro a criação de uma bolsa de arrumadores. Como funcionaria? O Dr. explica:
Fazia-se uma selecção de alguns arrumadores pelo país inteiro. Após isso, seriam efectuados testes médicos e seleccionados os dependentes de drogas.
De acordo com o estado clínico de cada um seria estabelecida uma cotação inicial e emitidas 1000 acções por arrumador.
Os investidores compravam e vendiam acções e a cotação flutuaria em função da saúde do arrumador analisada periodicamente.
A overdose seria equivalente à falência e à perda do dinheiro investido.
Claro que a cotação não flutuava somente nos dias de emissão de relatório, mas em todos eles em função de informação especulativa e analises técnicas de cotações.
Imaginem os dealers todos no pit à espera da emissão do relatório...
"CANCRO NO PULMÃO". Uma correria a vender acções, telefones a tocar, papeis a voar... ou então...
"LIMPO"... Toca a comprar...
Vantagem do "jogo":
Os investidores detentores de acções de determinado arrumador teria toda a vantagem em assegurar a boa saúde do mesmo, alimentado-o, pagando-lhe desintoxicações e nunca lhe dando dinheiro sem saber para que fim...
Um jogo socialmente vantajoso...

Quem é que diz agora que somos uns insensíveis?

Pronto, obrigado e bom dia...

Nota- Tenho de deixar de ler merdas complicadas.

Sim, eu vejo o National Geographic...

Descobri na sexta que o Cavalo Marinho macho é desconfiado como o caralho. Tanto que ele próprio incuba, depois de fecundar, os ovos que a companheira deposita numa bolsa junto ao ventre. Aguenta dois meses com os ovos no corpo e depois fica 48horas a dar à luz em contorções violentas. Depois disto não me surpreende que o Cavalo Marinho seja um dos símbolos da bicharada.
Há situações em que mais vale ser corno.

Pronto, obrigado e bom dia...

P.S.- FORÇA NÁPOLES!!!

quinta-feira, setembro 25, 2008

Tintin

Começo a ficar um pouco para o fodido de todas as vezes que me mandam e-mails rabetas. Não é que me mandaram um em que tenho que gramar com o rabeta do Tintin a correr-me pelo ecrã?
Quem foi o apaneleirado iluminado que teve a ideia de lançar esta merda?
Será que não podiam arranjar personagem de BD mais roto do que o Tintin?
Para quem está céptico de que o Tintin engole a palhinha eu comprovo:

1º O cabelo loiro à Herman José com uma poupinha.
2º O caralho do cão, em vez de ser um Pastor Alemão ou um Serra da Estrela, é um Caniche ou uma merda parecida que precise que o dono lhe apare o pêlo e lhe limpe a merda do rabo.
3º O primeiro titulo da colecção é: Tintin Vai À Lua, com um pissalho ao xadrez na capa do livro.
4º Já em português o nome é apaneleirado, se o dissermos na língua original: Tantan...dasse, até me dá suores frios...
5º Fala francês
6º É Belga
7º As personagens das aventuras são todos homens, à excepção de uma gorda que canta ópera.
8º É jornalista
Querem mais?
Só falta ser do PS...

Porquê não lançaram a colecção do Lucky Luke, isso sim. Já o Asterix me deixava algumas dúvidas... Mas adiante...

Pronto, obrigado e bom dia...

quarta-feira, setembro 24, 2008

Faz hoje 17 anos que...


Palavras para quê?
Pronto, obrigado e bom dia...

quinta-feira, setembro 18, 2008

Decadência??

Olho para a minha mesa de cabeceira e vejo o "Churchill" do Roy Jenkins e o "Crime and punishment" do Dostoevsky. Olho para o histórico do IE e vejo "megarotic.com" e "barelylegal.com".
Dou comigo a pensar se a Internet será o símbolo da decadência de valores da nossa época. Pensando melhor, acho que não.
Afinal, o corpo da mulher é sagrado tenha sido criado por Deus, Alá ou (e principalmente) pelo Caralho.
Quanto à politica como nós a vemos hoje, não passa da invenção dum grupo de paneleiros gregos no intervalo de comerem criancinhas...

Pronto, obrigado e bom dia...

quarta-feira, setembro 17, 2008

Está bem, mas agora parem de me chatear....

Ora então vamos lá explicar o "títalo" do post.
Há muita gente (são só duas pessoas) que me tem pedido para voltar a publicar os posts que tínhamos no outro blog... Aquele que foi encerrado (Vocês sabem do que é que eu estou a falar).
Sendo assim, resolvemos saciar essa sede de sangue que há por esse mundo fora.
Paneleiros, considerem-se avisados...

Pronto, obrigado e bom dia...

quinta-feira, setembro 11, 2008

O início do ano lectivo

Todos os anos em Setembro (na realidade é quando calha), tem início o ano lectivo. A anedota é sempre a mesma e já começa a ser patético chamar-lhe anedota.
Tal como as estações do ano e o clima, o início do ano lectivo é "sempre pior do que já foi". Mas, tal como as estações do ano ou o clima, o início do ano lectivo é, na realidade, sempre exactamente igual ao que sempre foi. Não compreendo o drama que se instala.
Desde quando é que as escolas não foram sempre miseráveis? Desde quando é que os "sindicalistas docentes" deixaram de ser um bando de perfeitos falhados com vontade de "protestar" inversamente proporcional à vontade de ensinar? Desde quando é que os alunos não são, na sua maioria, um saudável bando de jovens alcoólicos e analfabetos, que sonha ser "famoso" à custa de simplesmente "ser famoso"?
Por mim acho muito bem que as colocações dos professores tenham sido uma bela merda. O site, ou seja lá o que for, onde tiveram (porque foi nisso que se meteram ou não foi?) que procurar as colocações estava bloqueado? Pois é porque tinha mesmo de estar! O sistema de SMS que lhes ia servir para saber em que escolas é que tinham de ir aturar putos ranhosos falhou? Pois é muito bem feito que falhe!
Por mim mandava fechar as escolas todas e mandava os putos todos para a tropa e às miúdas mandava-as aprender coisas que lhes viessem a ser úteis (já não se arranja uma gaja que saiba fazer um bom broche).
Não é à toa que Portugal é o país onde menos se lê. Estou convicto que o português médio não lê mais que duas frases por mês (e uma delas estará inevitavelmente escrita por trás da caixa dos cereais).
Esta merda só é novidade para quem seja estúpido e as causas não têm sequer grande importância. O que importa reter aqui é que a educação em Portugal é obviamente um caminho completamente estéril e que perder tempo e paciência com isso é completamente inútil. Das escolas, à universidade ou aos simples cursos de formação profissional, a educação em Portugal é um exemplo de talento desperdiçado. O talento está, isso sim, na capacidade de transformarmos coisas que para outros (falo de povos com quem nunca tivemos puto a ver: Japoneses, Suecos, Eslovacos) são óbvias em "aldrabices" e "negociatas". É esse talento que importa patrocinar e não insistir na ilusão de que um dia não seremos analfabetos.
O lema do ministério da educação deveria ser algo como "Queremos que se foda a puta da educação"!
Vamos lá ver é se a malta aplica os recursos nalguma coisa mais útil.
A culpa disto, ainda para mais, é dos comunas, que apesar de serem quem mais protesta, foi quem mais insistiu na utopia risível da educação para todos...

Pronto, obrigado e bom dia...

terça-feira, julho 29, 2008

Back

"Nas questões da legalização aborto e do casamento entre gays apoio uma solução de compromisso com cedência das duas partes. Os paneleiros não devem poder casar mas podem abortar à vontade."


Palavras para quê?


Pronto, obrigado e bom dia...

quarta-feira, julho 23, 2008

Queremos uma concentração de ciganos já!

Acho muito mal que a polícia tenha desmobilizado o acampamento cigano do centro de Loures. Do ponto de vista estratégico foi um erro.
Devíamos ter aguardado pela concentração nacional de ciganos e pela manifestação, por duas razões:

1)Sempre quis ver como seria uma carga policial sobre um batalhão de ciganos, além disso, podia ser que o Scolari ainda viesse ajudar algum “minino” como fez da outra vez;

2) Era certinho que, enquanto durasse a concentração, a criminalidade no resto do país, com especial destaque para o tráfego de droga, diminuía.

E depois ainda dizem que temos boas políticas sociais... bah!

sábado, julho 12, 2008

venham os defeitos

No outro dia, quase no final de um dia atulhado de trabalho, não é que uma estagiária teve a brilhante ideia de enveredar por uma estratégia de dinâmica de grupo que consistia nem mais nem menos do que isto: cada elemento iria colar um cartão nas costas e por sua vez cada um escreve uma qualidade dos colegas, no final tiramos os cartões e analisam-se as qualidades.
Enfim, uma brincadeira de crianças com o intuito de mostrar que não se deve falar pelas costas (por sinal, os meus colegas não tem conhecimento deste blogue).
Eis como me descreveram: Paciente, divertido, calmo, simpático...Que é isto? Que qualidades maricas são estas? Homem que se preze não admite isto, quanto mais sendo o único no Serviço. Sinceramente, fiquei muito transtornado (qual transtornado, fiquei fodido) e tratei de lhes mostrar que estavam completamente enganadas.
Em primeiro lugar, a paciência já tinha acabado ao ver tamanha asneira. Não percebo como poderam colocar em causa tanta virilidade. E logo eu que sempre defendi uma estrutura especializada dos Serviços de Saúde. Algo deste tipo: Sala de Injectáveis para aquelas jovens entre os 20 e 25; visitas domiciliárias para ensino do auto-exame da mama a jovens; aulas para senhoras treinarem a colocação do preservativo em Técnicos de Saúde. Enfim, uma série de iniciativas que seguem os novos modelos de saúde, orientados para um maior contacto com a comunidade.
Simpático? Parece, chama-se técnica de engate. Confundem tudo estas moças. Deviam conhecer o Dr. Martirio, esse sim é simpático. Sou daqueles que fica calado só para evitar que tal tipo fale e tenha de aguentar o seu mau hálito. Devia haver um decreto -lei que impossesse uma distância de segurança quando se aborda um indivíduo com mau hálito. Já agora também aproveito para deixar um aviso às pessoas que frequentam os Serviços de Saúde: Lavem os pés todos os dias. O tempo de espera é grande e a transpiração não ajuda.
Uma coisa que também não é muito simpática, mas que demonstra virilidade, é oferecer pomadas às jovens (daquelas tais) e negá-las aos outros tipos que nos pedem, porque a gente não tem, claro.
Já agora, fica outro aviso para a população em geral: Arranhões tratam-se em casa, se há coisa que me tira a calma são pessoas que se dirigem aos serviços por qualquer paneleirice e depois ficam lá a pastar, a não ser que sejam daquelas jovens que frequentam as novas salas de injectáveis. Não vá a ferida infectar.
Caras colegas, sabem o que era divertido? Se vestissem aquelas fardas curtinhas, que infelizmente deixaram-se de usar, e fossem trabalhar. E saber que enveredei por esta profissão com esta ilusão na cabeça.

Ficas melhor vestida

De entre todas as profissões, não há duvida que algumas tendem a alterar a ordem natural das coisas, o que só lhes fica mal. Refiro me ao relacionamento entre profissional/cliente. Imaginemos que me sinto atraido pela simpatia ou pelas mamas de determinada cliente e pretendo convidá-la pra beber um copo. Isto pode parecer extremamente normal, quer seja eu um advogado, um mecânico, um policia, um engenheiro, electricista, professor, bancário, por ai fora. Pode custar um bocadinho, caso seja timido, e visto desconhecer a pessoa em questão, temer a sua reacção, mas não passa desse possivel embaraço inicial. Ora, as coisas não se passam bem assim em algumas profissões. Com que cara um Enfermeiro convida uma cliente para tomar café, mesmo após ter acabado de lhe tratar um furúnculo na nalga, até por sinal bem boa? E o Ginecologista como faz? "Quanto ao exame, está tudo bem com o seu utero! Mas mudando de assunto, acho que nos podiamos conhecer melhor. Quer jantar logo à noite?" Enfim, se conseguirmos enfrentar este obstáculo, temos um leque de vantagens face a outros profissionais. Desde logo, temos acesso a informação muito relevante, sobretudo por ser intima, o que nos permite seleccionar ao nosso agrado. Eu, por exemplo, sou muito limpinho (chamem-me esquisito), portanto um furúnculo no rabo não vem nada a calhar. Se ainda fosse no pé. Não sou fetichista por pés, mas não dispenso umas belas palmadas. Eis outra vantagem para quem anda metido nestes negócios. Podemos logo saltar uma parte chata da coisa e passar logo ao essencial, não vale a pena andar com rodeios, tendo em conta que até já sei que veste fio dental.
Só lamento que isto não aconteça aos mecânicos e aos técnicos de assentamento de tijolos.

quarta-feira, maio 21, 2008

Gasolina

Acabei de receber um mail daqueles de cadeia onde era exaustivamente descrito um método infalível de baixar o preço da gasolina.
A solução é (TARAM TARAM):
Deixar de comprar gasolina à BP, Repsol e Galp de forma a forçar a descida de preços destas pretrolíferas. As outras, ameaçadas pela baixa de preços seriam forçadas a acompanhar essa baixa de preços.
Ainda segundo o mail, a unica coisa que falta para o efectivo sucesso é convencer 500 MILHÕES DE CONSUMIDORES MUNDIAIS a adoptar este boicote.
Fácil? Eu acho que sim mas decidi adoptar uma segunda estratégia como segurança.
Estive toda a manhã a tentar convencer o meu carro a andar sem gasolina.
Aqui há tempos consegui fazer o mesmo com o meu burro. Infelizmente, quando o animal finalmente se desabituou de comer, deu-lhe qualquer coisa e morreu.
É preciso ter azar!!!
Pronto, obrigado e bom dia.

sexta-feira, abril 25, 2008

A pedido de várias famílias....

O nanismo, essa praga.

Sempre movido pela busca das causas que sinto faltarem nestes tempos de vazio de valores, lanço daqui uma cruzada contra o nanismo, essa praga.
Ninguém gosta de anões. Ninguém soube até hoje clarificar para que serve o anão. Ninguém quer ser um anão. Os próprios anões o admitem... Se não acreditam basta ler: "Sou anão desde os meus 13 anos e não sei para que é que serve esta merda", diz António Pedro, do alto dos seus 1,24m de altura; "...Até hoje ainda não percebo se sou uma rapariga entroncada ou se isto é mesmo o meu pescoço", confirma Alice Alves, anã assumida desde tenra idade.
Sei que é um assunto controverso, mas sou contra o nanismo. Estive tentado a fazer de um: "Fim ao nanismo!" o slogan desta campanha, se não o fiz é porque se sou contra o nanismo, mais ainda sou contra os anões. Que feitos se conheçem a anões?! Do simples tocar a uma campaínha até à obtenção de prémios nobel, a história do nanismo é uma ridícula sucessão de fracassos. Mesmo os filmes porno com anões são de gosto duvidoso (veja-se o caso do clássico "Branca de neve e os sete fodilhões", tema feliz mas repetitivo) e até os circos mais modernos já preferem usar os nossos pequenos amigos como alimento para os animais.
O que defendo, em boa verdade, é a eliminação sumária de todos os anões. Os anões desempenham na sociedade contemporânea um papel semelhante ao da vesícula biliar no sistema digestivo: não servem para nada e só dão chatices.
Quem se lembrou de dar a uma criatura a altura de uma fotocopiadora!? Para que insistem eles nas pequenas mãos papudas e deformadas?! O pior é que descobertas recentes vieram comprovar que os anões (há quem lhes chame "nanetas" mas isso eu já acho demais) comunicam entre si por ultra-sons, tal como as baleias ou os morcegos, e isso não pode ser nada de bom. Quando vem dos anões, nada é.
Impõe-se uma atitude. É tempo de acabar com o nanismo. A forma de o fazer pouco importa, o que convém reter é a urgência da coisa.
Numa sociedade cada vez mais egoísta e autofágica (o que só é de louvar) diz-que é bom ter causas. Eis uma que sinto que muitos vão querer abraçar.

Pronto, obrigado e bom dia...


domingo, abril 06, 2008

Post nº100

Divagações sobre um grafitti
Estava em frente a um grafitti onde estava escrito "RAKEL" e ocoreu- me uma dúvida pertinente:
Será que a Raquel, com "Kapa", faz broches com "Xis"?

Pronto, obrigado e bom dia...

segunda-feira, março 31, 2008

Dá-me o telémovel já!!!

Caros leitores, após um período sabático, resolvi voltar. O que estive a fazer pouco vos importa, a não ser que trabalhem no Ministério Público ou no Correio da Manhã.
Afastado das questões académicas desde os meus 8 anos, resolvi ingressar novamente no ensino graças ao episódio do "DÁ-ME O TELÉMOVEL JÁ!!!" .
Acabei por descobrir que as cadeiras que tinha feito na quarta classe me davam equivalência quase completa ao actual 12º ano, depois das reformas.
Só tenho de fazer educação sexual para me poder candidatar à faculdade e nem com experiência mais do que comprovada no campo os consegui convencer que não precisava de fazer exame. Exame?!?!?! Então os gajos transformaram a educação sexual numa actividade sujeita a programa e avaliação? Foda-se, não há direito! Já não bastava as gajas???
Nas aulas, os putos lá da sala andam assustados com tanto látex, tantas doenças, tanto cancro da próstata (que o diga o Pedro P.!) e tantas tendências latentes que eles nem sabiam que tinham. (Mais uma vez... o lobby gay a tentar formar militantes para as suas fileiras).
No outro dia, depois das aulas, encontrei o Nuno (o tal que se safou de ser abortado), a coçar os tomates, que lhe ardiam por causa da cuequinha de renda que tinha vestida. Estava cheio de dúvidas existenciais e a perguntar-se se também ele não gostaria de cagar para dentro.
Pensei de mim para mim: "E foi para isto que ele foi salvo?"
Compreensivo como sou, juntei os outros gajos da turma e começamos a arrear-lhe forte e feio, com a bênção das freiras lá do colégio, mas isso não o quebrou... entramos logo em depressão... não há maneira de fazer aquele gajo infeliz... é paneleiro, gosta de levar porrada, delira quanto o insultamos, lambe-se todo se lhe cuspimos em cima! Agora mudamos de atitude e até já o tratamos bem... com tantas qualidade ainda chega a Primeiro ministro um dia destes!
Mas não vou divagar mais, tenho de fazer o copianço... ora deixa ver... sexo oral... foda-se isto é o quê? Quando um gajo se gaba aos amigos de ter dado uma queca?

Elucidem- me!!!

Pronto, obrigado e bom dia...

terça-feira, março 25, 2008

Frase política da semana

Aqui fica esta pérola de um meu amigo reacionário:
"Nas questões da legalização do aborto e do casamento entre gays, apoio uma solução de compromisso com cedência das duas partes. Os paneleiros não devem poder casar mas podem abortar à vontade"
Filipe

Pronto, obrigado e bom dia...

quinta-feira, março 13, 2008

O Sentido da Vida

Já todos devem ter reparado, pelos meus comentários e posts, como sou bastante religioso. Digo mais, sou um fervoroso praticante da fé católica. Não há dia que eu não goste de ouvir um "aí meu Deus que me deixas maluca!!".
Porém, ando um pouco descrente desde que comecei a interrogar o sentido de justiça do JC (como eu prefiro chamar-Lhe).
A morte, supostamente, é comum a todos nós mortais, sendo certo que o sentido natural é que a tenhamos de enfrentar no fim da velhice.
Contudom, ela pode antecipar-se, podendo ceifar-nos a qualquer momento. Eu sou da opinião de que quando assim é, recebemos avisos antecipadamente para modificar-nos o nosso comportamento.
Foi o que aconteceu com o Marco Paulo. Fodia-nos os ouvidos diáriamente com músicas de revolver a tripa e penteados que inspiraram novos designs para as escovas de sanita.
Um cancro avisou-o!!!
Mas parece-me que o animal não ligou e, continua a fazer-nos sangrar pelos ouvidos. Na semana passada, ou no mês passado (não me lembro bem), lá estava o paneleiro a fazer o público sofrer na Praça da Alegria (?)...
Decerto que o Criador lhe tem reservado um aparatoso acidente de viação ou um belo derrame cerebral.
Está para breve, asseguro-vos, o momento em que poderemos descansar deste vértice do eixo do mal.

Pronto, obrigado e bom dia...

P.S- O Grande Getafe passou aos quartos de final da UEFA ao bater uma equipita que joga pior que a banda Sinfónica da Guarda Nacional Repulicana.

sábado, março 08, 2008

Para elas


Há coisas que só se podem dizer se falarmos a sério. Reconhecendo o que de mais importante há no Mundo, o Lado Obscuro da Força não podia deixar de dar os Parabéns a todas as Mulheres, leitoras, comentadoras, às que gostam de nós e às que nos detestam...
A todas elas, em sinal de agradecimento, dedicámos este post e uma flor!

A Gerência.


terça-feira, março 04, 2008

Pedidos urgentes... ou não!

Recebi ontem uma sms com um pedido urgente de sangue...
Se eu fosse a correr para o hospital de todas as vezes que recebo uma sms ou mail destes estava anémico.
Idéia gira era começar a circular uma destas sms/mails a dizer:
"Mamada precisa-se" alegando (o autor) que corre sérios riscos de vida se não lhe for extraída a produção diária de sémen.
Ia ser tipo vaca leiteira mas sem balde e banquinho...
Pensando bem sempre se podia utilizar o banco para ficar mais alto e não forçar assim os joelhos da voluntária.
Sou mesmo um gajo atencioso...

Pronto, obrigado e bom dia...

Mental note1 - S, obrigado pela sms que me deu esta idéia!

Mental note2 - Resposta à pergunta do antepenúltimo post:
P - Qual o presunto mais caro da História?
R - O Feher é claro!!!

domingo, março 02, 2008

Ainda e sempre o markting

Na passada sexta feira parei num semáforo em Santa Maria da Feira (perto da rotunda da "bóla") e fiquei a cerca de 5 ou 6 carros do cruzamento. De repente, reparo numa jovem de carteira ao ombro, cujas mamas se escondiam por detrás das letras D&G, respectivamente, impressas numa t-shirt que, juntamente com as calças de ganga justas, lhe recortavam a silhueta como um jarrão chinês, alto e esguio.
A gaja andava a entregar um papel dobrado ao meio às janelas dos carros e reparei que alguns dos automobilistas o devolviam acrescido de algo que não pude confirmar ser dinheiro. E não pude confirmar porque o filho da puta do semáforo ficou verde quando ela se ia aproximar de mim e o gajo de trás buzinou. Fiquei fodido.
Mas será que ficaria tão fodido se fosse uma cigana remelosa ou um desses cabrões que andam com uma escova e um esguicho a engordurar os vidros ao pessoal? Não!!! E não porque a jovem tinha uma bom plano de marketing correctamente suportado pelos quatro P's:
Pose, Pinta, Peida e Pêssegos.
Tinha imagem e vendia o que quer que fosse a mim ou a qualquer outro gajo. Eu já estava a imaginar ela a limpar-me o pára-brisas com os marmelos e a sorrir com aquele ar de gaja do leste que sabe do que gosta... E não precisava de prostituir-se... Era um trabalho limpo.
De qualquer forma isto só vem provar o que o meu avô dizia:
"Quem tem um pito tem tudo... Quem não tem, tem um caralho!"

Pronto, obrigado e bom dia!

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Presuntos e afins

Li algures que existe agora um site de Necrologia cujo objectivo é proporcionar uma oportunidade de prestar homenagem aos falecidos através de páginas de homenagens ou através de mensagens.
Pessoalmente acho que a empresa está a ter uma visão um pouco redutora.
Porque não também colocar uma página de insultos?
Preçario:
- Um simples insulto: Foste um Filho da puta - 5 euros
- Um insulto e uma praga: Foste um cabrão repugnante e devias arder no inferno - 10 euros
- Um insulto, uma praga e uma confissão: Foste um picha murcha toda a tua vida, a tua mulher só se vinha comigo e não podes ir para o céu porque os anjinhos não têm cornos -15 euros.
É isso que falta às empresas portuguesas, explorar eficientemente o mercado onde actuam.

Pronto, obrigado e bom dia...

Mental note: Qual foi o presunto mais caro da História? Façam as vossas apostas (a Bad Girl e o Zexorcista não podem responder!)

sábado, fevereiro 23, 2008

As Putas (tristes e as outras) e os problemas laborais

Este nosso périplo permitiu-nos aprofundar a experiência putéfila (ora cá esta a nossa vertente de blog intelectual – o dicionário não chega meus amigos!) e travar conhecimento com um importante sector de actividade da nossa economia e os principais problemas que enfrenta.



Do conceito:
Eu que até à data só conhecia a meretriz, vulgo puta, sem cargo ou categoria, passei a saber que puta é um substantivo muito dado a convivências e promiscuidades. Descobri que só um ignorante diz puta, desta forma simples e pouco clara. O verdadeiro perito sabe que isso não é suficiente. Pois bem, descobri que, entre outras, temos a puta madre (chefe/mestra), a puta fina (anoréxica), a puta lavadinha (cheiro de lavanda e pinho), a puta badalhoca (vem com chatos incluídos), a puta de estrada (tem mais andamento) e a puta triste (esta é só para os tipos que sabem ler, intelectuais portanto). Revoltou-me saber disto.



Da ordem
Para mim, o descrito no ponto precedente é uma verdadeira discriminação. Se todas fazem o mesmo trabalho para quê diferenciar?! A única distinção que devia permitir-se era a de “puta mestra” ou “puta madre”, e só porque é necessário estabelecer uma hierarquia para efeitos de progressão na carreira. É injusto que uma qualquer chefie o bordel depois de dois anos ao serviço quando outra trabalhe a vida toda sem sequer ganhar para preservativos e chicletes! Isto só se resolve com a criação de uma ordem profissional que discipline a questão! Por muito menos os psicólogos já criaram um sindicato e até os médicos e os (espantem-se) advogados tem ordem. Porque não a ordem das putas?!



Da responsabilidade (civil e disciplinar)
Como é que é se a profissional fala da mãezinha do cliente durante a prestação de serviços? E quem paga a cirurgia reconstrutiva ao cliente se a profissional espirra durante o sexo oral? E a artrose nos joelhos, o desgaste da anca e as caimbras no maxilar? Ninguém pensa na responsabilidade disciplinar, civil nem nos acidentes de trabalho. É por estas e por outras que a prostituição está pelas ruas da amargura… São necessárias reformas.

Da bastonária
Pois bem, gostava de lançar o debate e, em jeito de apelo ao civismo, perguntar: quem acham os leitores que daria uma bela bastonária da ordem das putas?

sexta-feira, fevereiro 22, 2008

Vegetarianos

Ontem, num canal qualquer de tv, ouvi uma nutricionista a falar dos vegetarianos. Pelos vistos, existem três tipos:
- Os Ovo-Lacto-Vegetarianos
- Os Lacto-vegetarianos
- Os vegetarianos puros

Estes últimos, ao contrário dos dois primeiros, não ingerem nenhuma proteína de origem animal.
Coloquei logo uma dúvida que espero que o leitor mais culto (e sei que há muitos neste espaço) me ajude.
As vegetarianas puras podem fazer broches?
Eu já nem digo engolir porque isso era a mesma coisa que beber uma vasilha de leite. Mas simplesmente chupar. É que antes do Vegeta virar o barco segrega uma substância proteíca que já contêm os pequenos girinos (daí o "gozar fora" nao ser tão seguro quanto isso).
Por outro lado, ao espetar o chouriço não está a pobre vegetariana a comer carne também?

Dúvidas que me tiram o sono...

Pronto, obrigado e bom dia

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Estamos lá...

Um dos nossos leitores chegou ao nosso tasco depois de ter escrito as seguintes palavras no google:
mensagem+de+amor+para+conquistar.
É altura de dar um prémio aos senhores do Google. Este tasco é, sem algum tipo de dúvida, o melhor sítio para se vir colher inspiração para conquistar uma moçoila.
Mental note: de referir que o leitor é brasileiro.
Obrigado e bom dia...